21 agosto 2012

Resenha:"Julieta Imortal"




Eu terminei de ler esse livro essa tarde e vou desabafar com vocês, antes de ter acesso a esse livro
eu tinha lido apenas o primeiro capítulo em um panfleto de publicidade que veio dentro de outro livro
que eu comprei, naquele exato momento eu me apaixonei, mas depois quando fui ver a sinopse e ouvi
diversas opiniões de pessoas próximas que tinham lido, eu confesso que desanimei drasticamente,
enfim essa semana eu resolvi ler e comecei.
“Julieta Imortal” é um típico romance intenso e impossível, achei seus diálogos um pouco clichês, mas
ainda sim ele conseguiu prender minha atenção, a história tem um desenrolar interessante que consegue
prender a atenção do leitor até chegar ao clímax, ainda sim eu achei o livro muito restrito, vou explicar,
eu tenho uma opinião muito extensa sobre bem e mal, muito relativa e no livro eles tratam tudo no preto
e branco, achei que a autora poderia explorar isso melhor, mas tirando esses poucos fatos é um livro
bom para quem gosta de um bom e velho romance, e quer se sentir mexida, eu recomendo. 
O livro “revela” por assim dizer a real história de Romeu e Julieta. No livro Romeu iludiu e matou Julieta
em troca da imortalidade, Julieta minutos antes de sua morte é encontrada por uma “Embaixadora”– seres
superiores de luz, que se alimentam do amor e paz da humanidade -, e a Embaixadora lhe faz uma proposta,
oferece a Julieta a imortalidade para lutar contra Romeu e proteger almas gêmeas de serem corrompidas por
ele e sua maldade. Julieta aceita e durante 700 anos ela habita corpos de seres humanos para proteger as almas
gêmeas, que podem ser identificadas por sua aura rosa forte, e quando estão totalmente apaixonadas e
seguras do seu amor suas auras se tornam vermelhas, que é quando Julieta sabe que sua missão está completa. 
Romeu e Julieta atravessam anos lutando pelas almas dos apaixonados, a alma de Julieta quando não está
encarnada no corpo de um humano, está perdida, sozinha em um mundo cinza. 
Até que nessa encarnação tudo muda, Julieta volta no corpo de “Ariel”- uma menina insegura, com cicatrizes de queimadura de um acidente, que é reprimida pela mãe “Melanie” com a qual tem um péssimo
relacionamento, e é feita de gato e sapato pela melhor amiga “Gema”-, mas assim que volta percebe
que algo está errado, Julieta não consegue entrar em contato com a “Enfermeira”– a Embaixadora que 
a salvou da morte e sua conselheira e guia -, e assim fica fraca sem seus poderes, Romeu também volta
no corpo de “Dylan” um adolescente que estava tentando seduzir “Ariel”, como desafio em uma aposta.
Julieta assim que desperta no corpo de Ariel conhece “Ben” e antes que perceba está apaixonada, durante
o desenrolar do livro Julieta percebe que o casal que deve proteger é Ben e Gema - o menino pela qual está 
apaixonada e sua melhor amiga -, será o dever de Julieta capaz de reprimir esse amor misterioso e intenso? 
Julieta será capaz de impedir que Romeu tenha sucesso e consiga corrompê-los? E se ele conseguisse, isso 
resultaria na morte de qual dos dois? 
Com a vida de Ben em perigo Julieta se vê no meio de uma luta contra o tempo em busca de respostas,
tentando reprimir esse amor que a cada segundo aflora dentro de si e se questionando: No final o que é
pior ser engolida pelo mal, ou ter sua alma perdida no esquecimento?

2 comentários:

  1. Olá Ju!
    Confesso que depois de resenhas que eu li, esse livro não foi pra minha lista. Agora que você postou, talvez, quando eu tiver oportunidade, lerei este livro!!
    Muito boa a sua resenha. Explicou bastante os detalhes que eu sempre questionei!
    Beeijos, Beatriz Ramos.

    http://www.letrasefolhas.com

    ResponderExcluir
  2. Q bom q gostou amor, eu passei pelo mesmo dilema quando li as outras resenhas, mas eu sou uma romantica nata e esse livro n é ruim ele só é clichê, mas o desenrolar dele é maravilhoso e ele até consegue surpreender vc um pouco e ele me prendeu até q eu consegui terminar.. eu gostei, recomendo.

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo