12 novembro 2012

Resenha: Marina

Bom dia, como vai todos? Espero que bem ^^ 
Hoje eu venho com a resenha de um livro incrível e que você pode sem dúvida colocar na sua lista de desejados ;) Aliás, na minha humilde opinião, o mundo deve conhecer os livros do Carlos Ruiz Zafón, criador de Marina, a resenha de hoje. Pois ele tem uma escrita envolvente.

Título orignal: Marina
Escritor: Carlos Ruiz Zafón
Editora no Brasil: Suma das Letras
Quantidade de páginas: 192
Ano de lançamento: 1999
Nota: ♥♥♥♥♥

Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora. Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Oscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos. Em Marina, o leitor é tragado para dentro de uma investigação cheia de mistérios, conhecendo, a cada capítulo, novas pistas e personagens de uma intrincada história sobre um imigrante de Praga que fez fama e fortuna em Barcelona e teve com sua bela esposa um fim trágico. Ou pelo menos é o que todos imaginam que tenha acontecido, a não ser por Oscar e Marina, que vão correr em busca da verdade - antes de saber que é ela que vai ao encontro deles, como declara um dos complexos personagens do livro.


Resenha: Como eu poderia começar a resenhar Marina? É espetacular, assim como – pra mim, todos os livros do Zafón. Bom, eu lembro que quando eu tive a ideia de criar um blog literário, eu iria fazê-lo sozinho e se chamaria “Meu querido diário...”, no entanto essa ideia se concretizou de outra forma dando origem ao The Song of the Letters. Nessa época eu li A Sombra do vento e O Jogo do Anjo do Zafón e me apaixonei pelo modo de escrita dele. É cativante, envolvente e realmente não da para parar de ler! No entanto, eu perdi as resenhas que eu tinha feito desses dois livros, então agora eu venho postar a primeira resenha dele aqui no blog.
O livro Marina é curto, envolvente, com uma narrativa espetacular. Ela é rica em detalhes e é cheio de mistério, com uma pitada de romance cativante, porém melancólico. Assim como todo o livro. Sinceramente, confesso que fiquei meio perdida na hora de resenhar Marina. A escrita de Zafón é aquela que você associa apenas a pessoa que realmente gosta desse estilo, tem um toque de mistério que te deixa desesperada pra terminar o livro! E sempre tem aquele romance, que envolve você e te coloca em sintonia com o personagem, simplesmente adoro a escrita dele!
Marina se passa em 1980, na cidade de Barcelona – assim como os outros livros de Zafón. Óscar é um adolescente com uma vida monótona que vive em um orfanato e está sempre a busca de novas aventuras, saindo do orfanato para explorar a cidade sempre que pode. Em uma dessas explorações, Óscar se sente atraído por uma linda voz que o leva a “invadir”  a casa e furtar acidentalmente um relógio.  No entanto, ele só vai se “esbarrar” em Marina quando volta pra devolver o relógio, julgando ser a coisa certa a fazer.
Marina assusta o pobre coitado a respeito do seu pai, que no final é uma pessoa carismática. E ai eles começam a se envolver, mas o mistério realmente começa quando Marina o leva ao seu lugar favorito – no cemitério. Onde eles veem a dama de preto e decidem segui-la e entram em uma alucinante aventura na qual a vida deles passam a correr perigo.
Confesso que a história é bem assustadora intrigante e que só vai te largar quando você termina-la.
Marina é curto, mas envolvente e intrigante. O bom dos livros do Zafón é que envolve um pouco de tudo, romance, drama, amizade, aventura e um toque extra de suspense que te deixa assustada excitada para terminar a maravilhosa leitura.
Zafón é completo e Marina merece o “nome” que tem, de fato é o livro que eu recomendo. 

Então é isso pessoal, obrigada e até a próxima
xoxo

7 comentários:

  1. Adoooooorei a resenha!
    tenho muita curiosidade de ler alguma obra desse autor, mas acabo priorizando outros tipos de leitura e o coitado sempre fica pra depois \\\: Vou tentar ler algum livro do Zafón até o fim desse ano e vamos ver no que da né? n__n


    Beeeeeeeeeeeijinhos e uma ótima semana! :*
    www.linguadoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Acredite, você vai adorar! Eu amo os livros dele, eu já li quatro! São perfeitos *-*

    Obrigada, até mais!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conheço este ator por isso não tenho como opinar, mais gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Hey! Sou louca pra ler algo do Zafón, Aline.
    Sua resenha me lembrou que Marina parece perfeito e eu não o tenho na estante o.O
    Os livros dele parecem ser bem diferentes... Acho que é isso que me atrai, shaushuashua
    É bom, né, achar autores talentosos assim?
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. É ótimo e de fato ele tem uma escrita maravilhosamente diferente *-*
    Simplesmente adoro os livros dele!

    ResponderExcluir
  7. Hey flor!
    Não li nada AINDA desse autor, mas estou bem curiosa para ler esse livro! Adoro livros com mistérios e romances!
    Parabéns pela resenha!

    beijos
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo