09 dezembro 2012

Resenha: A Vidente

Olá pessoinhas felizes do meu heart s2 cumprimentos exagerados
Espero que a semana de vocês esteja sendo excelente ^^
Bom, hoje eu venho dizer que finalmente terminei A Vidente. Não que tenha sido uma leitura ruim, finalmente eu quis dizer porque demorei muito! - muito mesmo! Mas acabei.

A Vidente é escrito por Hannah Howell e publicado pela Lua de Papel.


Nota: ♥♥♥♥
Estamos no século XVIII, na Inglaterra georgiana. Como todas as gerações de sua família, Chloe Wherlocke possui habilidades especiais, e o seu dom é enxergar além da visão física.
Em 1785 ela prevê a morte de uma mulher que acabara de dar à luz e toda uma trama para atender a motivos escusos. Ao encontrar uma criança abandonada ao lado do corpo da mãe, ela salva o bebê e o cria escondido do mundo. Fazia isso por amor, mas talvez houvesse neste gesto alguma força do destino...
Com o passar dos anos, Chloe descobre que o encontro com a criança não havia sido uma simples coincidência e nota, pouco a pouco, um desenrolar de acontecimentos que envolviam todos os membros de sua família, num jogo de traições, mentiras e assassinatos.
Consciente de tudo, ela precisa ser rápida para salvar a vida do pai do menino, o conde Julian Kenwood, e avisá-lo que o filho não morreu. Mas, ao se aproximar da família Kenwood, Chloe percebe seu sentimento de proteção por Julian se transformar enquanto a cada momento tudo fica mais perigoso.

Bom pessoal, A vidente é da série d'Os Irmãos Werlocke.
No começo foi uma leitura difícil. Amarrada e lenta, demorei muito mais do que o esperado pra terminar esse livro que tem apenas 222 páginas. No começo foi bem complicado, não que seja uma história ruim, na verdade, analisando superficialmente é muito boa e instigante. O problema é que inicialmente a escritora não soube explorá-la. Estava muito fraca. Chloe é uma vidente, toda os membros da sua família possuem dons, inclusive seu primo e tutor, Leo.
A muito tempo Chloe teve uma visão para salvar um garoto e estar lá exatamente na hora em que ele precisaria - Nunca se deve ignorar um aviso de Chloe, seu pai morreu porque cometeu esse erro. Ela salvou o bebê mas mais pra frente pode descobrir que era muito além disso, ela iria ajudar a salvar o conde Julian, que estava sendo constantemente ameaçado e sofrendo várias tentativas de assassinato partida do seu tio, Arthur e sua esposa, Beatrice traidora, escandalosa, burra, arrogante e va--- que queria assumir o controle da cidade que estava no comando. Nas últimas semanas, Julian esteve totalmente acabado. Bebendo muito e saindo com prostitutas, se colocando em riscos, apesar de saber das tentativas de assassinato que estavam sendo proferida contra ele. Isso por causa das traições que partiram da sua esposa, que era linda e seduzente e que achava que poderia se livrar de todos os seus problemas usando sua beleza. De fato, de acordo com o que é descrito no livro, ela é realmente envolvente e leva Julian na sua ladainha, que logo é descoberta. Bom, em poucos palavras ela é a vadia do livro desculpem por isso. Logo que os Werlocke descobriram que não adiantaria mais proteger Julian, sem interferir diretamente com ele, em uma tentativa de assassinato que por muito pouco não deu certo, levaram Julian. Cuidaram dele e contaram tudo em relação a seu tio, Arthur e Beatrice. Revelaram mais uma coisa: O filho que Beatrice gerou, que ele achava que tinha perdido, estava vivo. Beatrice o colocou a beira da morte, porque Julian não poderia ter herdeiros, já que Arthur pretendia tomar o controle da cidade e Beatrice era apenas uma ferramenta que ele estava usando para fins próprios - tanto como uma arma, como amante.
Até ai foi complicado, pessoal. Eu lia meio forçado, pegando um pouquinho aqui, um pouquinho ali. O que me fez continuar era a história que parecia boa e o fato de se passar em uma época com Conde, Condessas, todo esse reinado, uma coisa mais "nobre". Amo histórias com esse toque e isso realmente chamou minha atenção. Mas quando o livro começou a ficar bom, foi quando Julian e Chloe começaram a se envolverem, o que me surpreendeu e muito! Ele tem um toque meio erótico na história, mas ainda mantendo a linguagem nobre, simplesmente adorei essa parte. A partir da metade do livro, mais o menos a página 80, o livro começou a ficar realmente bom. Essa parte com um toque erótico do livro e o romance deles dois envolvia qualquer um! Além da ação em relação aos bonzinhos e os vilões. O mais legal no romance deles, é que ela é inocente e delicada. Nobre. Mas ainda assim, isso não ameniza essa parte do livro, deixa ainda mais emocionante.

Chloe: Não, apesar de até mesmo alguns poucos beijos roubados serem considerados errados de acordo com as regras que regem nossas vidas. Repito isto pra mim o tempo todo - ela sentiu o rosto corando e continuou em um sussurro -, mas ainda prefiro os seus beijos. Não que eu tenha outro parâmetro de comparação. 
Julian: Isto me alegra muito mais do que deveria. Assim como deveria fazer com que eu me levantasse e saísse correndo desta sala, pois você é muito mais inocente do que a maioria das moças da sua idade. No entanto, todos esses motivos só me fazem querer ainda mais roubar outro beijo. 
 Julian: Sei que você não se parecesse em nada com Beatrice. Pois, em primeiro lugar, você me faz sorrir e ela nunca o fez. Assim como nunca senti vontade de tomá-la em meus braços só porque estávamos na mesma sala. Não sei como explicar isso para alguém tão inocente, mas você me excita com apenas um olhar. Sei que deveria tê-la deixado em paz, que você é uma donzela e que ainda estou casado aos olhos da lei e da igreja, mas não consegui.  
Realmente é muito legal. Mas a trama não é só isso, começa a entrar novos personagens depois da metade do livro e a história voltada para ação fica ainda mais interessante, o que deixa as coisas bem mais instigante e realmente me incentiva a continuar lendo o livro.
Eu recomendo, apesar do início. Ainda tem mais três livros da série, mas eu só tenho dois. Inicialmente eu ia dar nota 3 para o livro, mas mudei de ideia com decorrer da história.
A escritora realmente evoluiu e espero que os outros livros seja ainda melhor, senão ficaria difícil kkkk.

Bom, é isso pessoal. Espero que tenham gostado ^^
xoxo, até mais.

2 comentários:

  1. Oiii
    Queria ler esse livro, mas muitos dizem ser fraco na escrita, mas como é só nas primeiras 80 páginas, gastar um dinheirinho com ele pode valer a pena *-*
    Acho que vou por na lista de desejados.
    Bjss!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Sinto muita vontade de ler esse livro, mas vejo tantos comentários de que ele é ruim :(

    ResponderExcluir

Seu comentário nos deixará extremamente feliz, mas lembre-se: Tenha cuidado, as palavras tem poder.

- Não faça ofensas
- Não seja intolerante
- Não desrespeite a opinião alheia
- Se for divulgar, ao menos comente sobre o blog!

Não se esqueça de no final deixar o link do seu blog pra podermos retribuir, será um prazer.

Obrigada ♥
xoxo